Tecnologia do Blogger.

A balança e eu


Eu passei a maior parte da minha vida magra, mesmo comendo muita besteira, na minha casa a alimentação sempre foi da pior possível, sem exageros, minha mãe é uma formiga, então doce era regra depois das refeições, inclusive depois do café da tarde, e aqui não era leite com achocolatado no café da manhã (uma outra porcaria, diga-se de passagem) era coca-cola, coca e tubaina na minha casa nunca faltava, meu pai adorava. Toda essa criação influenciou 100% com que minha alimentação sempre fosse péssima e que isso não era uma preocupação, as pessoas passam a achar alimentação algo importante quando estão doentes ou quando querem emagrecer.

A primeira vez que engordei foi quando fiz 14 anos, eu engordei muito rápido, creio que por variação hormonal, eu realmente não tenho certeza, mas foi bem na época da primeira menstruação, então acredito que foi algo relacionado, algumas meninas pipocam o rosto com espinha, eu engordei, mas isso também não chegou a me afetar, eu confesso que na época que isso aconteceu eu cheguei a sofrer bullying na escola, mas nada que me fizesse me sentir chateada, porque na minha cabeça eu não estava gorda, engordei tão rápido que nem percebi, e do mesmo jeito que engordei eu emagreci, quando terminou as férias de fim de ano e voltei para a escola, já estava no meu peso normal.

Depois disso eu mantive meu peso magro, apesar de continuar comendo muita porcaria, mas muita mesmo, eu devorava 1 pacote de trakinas depois do almoço, eu comia uma barra de chocolate sozinha. No meu primeiro emprego, havia um balcão no hall onde eu geralmente ficava, e na gaveta sempre tinha alguma besteira, chocolate, biscoitos ou bolachas, enfim, sempre um doce, não adiantava, eu era voltada no doce 24h, e era bem magra, vestia 14 da sessão infantil, eu praticamente só comprava roupa nessa sessão, eu admito que eu tive um certo privilégio durante maior parte da minha vida, que é comer e não engordar.

Quando cheguei aos 25 anos, eu disparei a engordar, eu também não sei o porque, como disse, minha alimentação sempre foi ruim, sempre fui comilona, e do nada, puft 20kg a mais, e eu demorei para cair na real, quando você é magra, você meio que não liga muito em ficar checando o corpo no espelho, e eu só percebi que estava gorda quando minhas roupas começaram a não caber, quando me vi em fotos e não me reconheci, e um dos episódios que me lembro foi de ter comprado um vestido e uma blusa PP e simplesmente não caber, foi muito estranho.

Eu tenho 1,51m de altura, então sou praticamente um hobbit, 20kg para mim é muito, eu cai na real que precisava fazer alguma coisa quando meu corpo começou a não responder muito bem a todo esse peso: Dor nas costas, nas pernas, fadiga, e olha, gente quando digo fadiga eu não estou brincando, eu estou falando realmente de fadiga, qualquer coisa que eu fazia me deixava ultra cansada, ofegante, inclusive alcançar alimentos em lugares mais altos, subir as escadas da minha casa, da faculdade, era muito horrivel, eu não me reconhecia apenas esteticamente mas também o corpo que eu estava vestindo, chegava a hora de mudar.

Para tentar resumir, já que o post já está bem longo, eu entrei na academia em 2013, e nessa época ainda estava brotando o "universo fitness de instagram", eu não acompanhava nada disso ainda, eu apenas comia menos, li algumas coisas sobre carboidratos integrais e fui substituindo arroz, macarrão e pão, mas comia carboidratos normalmente, as vezes até os normais, fazia torta de frango de liquidificador com aveia e farinha integral, etc, perdi rapidamente 15kg, e fiquei com 50kg, era um peso ok, meu peso magro era 45kg, mas eu estava na academia, ganhando massa, então achei que os 5kg a mais não fazia diferença, porque eu estava feliz com os resultados e com meu corpo, manti esse peso por 4 anos, e depois uma série de fatores me fizeram engordar novamente, e isso vou abordar em outro post.

Xo xo, Jess

Um comentário

  1. Eu já sou o contrário de você, sempre fui gordinha, só emagreci muito mesmo quando tive anorexia. Acho que você não tem tendência a engordar, é que estava se alimentando muito mal e uma hora o corpo cobra. Mas com dieta e exercícios você consegue recuperar a forma que gosta. Eu já tirei da cabeça essa coisa de querer ser magrela, meu corpo não foi feito pra isso, agora só quero emagrecer um pouquinho porque o peso me trouxe algumas coisas chatas, incluindo a fadiga que você falou. Quero continuar na reeducação alimentar pra aprender a comer direito, sem excessos e sem loucuras, enfim, quero ser saudável.

    http://vinteepoucos.org/

    ResponderExcluir