Tecnologia do Blogger.

Escrevendo um livro: Como começar


Decidi desde o ano passado que iria escrever um livro, não que eu já não tivesse escrito, desde a minha adolescência eu escrevo, mas nunca coloquei público nenhum e nem pretendo, enfim, decidi escrever de forma séria e sem abandonar na metade (como já fiz ), é uma das metas desse ano, no fim do ano passado já tinha começado a fazer o que seria o rascunho.

Depois de muito pesquisar por onde começar, e algumas milhares de dicas que achei por aí, decidi compartilhar aqui o que tem sido mais útil:

1. Organização

Eu comecei a organizar tudo no papel mesmo, dediquei um caderno que estava aqui encostado somente para isso, organizei personagens, nomes e sobrenomes, qual o grau de relacionamento com os protagonistas, aparência física e características da personalidade.

Organizei também o plot do livro, e fiz uma lista de sequencia de fatos importantes na trama.

2. Ideias que vão surgindo

Quando você está escrevendo, as vezes começa a surgir várias ideias que você pretende anexar mais para frente, e para você não perder essas ideias você precisa ANOTA-LAS, se você não anota você vai esquecer, não tem jeito.

3. Anote tudo

Em falando em esquecer, uma coisa que acontece muito em livros e até roteiro de séries, é o autor acabar se perdendo na trama, ele acaba colocando um fato, ou um detalhe que pretende amarrar lá pra frente, e acaba esquecendo de amarrar, e aquilo fica vago, o leitor meio que não vai entender porque você deu uma pista de alguma coisa e que no final não era nada, ou uma conversa que acabou ficando sem sentido, isso é muito comum principalmente em livros e séries bem longas como PLL (que aliás, é cheia desses errinhos), se você quer uma história amarradinha, perfeita, sem deixar escapar nada do que você tenha colocado, ANOTE, anote porque você vai esquecer, é inevitável, anote tudo, anote em papel!


Por enquanto é o que posso dizer, estou começando ainda, escrevi 7 capítulos, mas vou reescreve-los antes de continuar com a história, eu decidi que preciso mudar alguns detalhes, a história estava um pouco resumida de mais (quando se passa no presente), basicamente a vida dos meus personagens eram apenas a história entre eles, e mais nada, como se não houvesse nada além disso na vida deles, achei que ficou bem ruim isso, embora livros de romance que li, praticamente são assim, mas não é por esse caminho que quero seguir, eles tem muito mais a mostrar do que apenas a relação entre eles, sabe?

Sobre o que é meu livro:

É um romance dramático, quando digo dramático, quero dizer dramático real, PS Eu te amo é dramático, O Grande Gatsby é dramático, mas é um drama que também tem humor, minha protagonista é divertida, nesse drama também tem uma pitada hot, eu não poderia deixar isso de lado, sorry.

Basicamente meu protagonista é um fodido, ele é completamente grosseiro com todo mundo, eu confesso que me inspirei em alguns detalhes no Mr Darcy, mas o Mr Darcy é ainda menos grosso e estupido que meu protagonista, acredite, mas ele tem seus motivos, e são motivos fortes, e não pense que ele vai mudar porque conheceu a protagonista, não meus senhores, estou fugindo dos clichês, apesar de que eu certamente vou cair em alguns. A minha protagonista também teve suas experiências traumáticas na vida, mas ela segue com a cabeça em pé, sem ressentimentos, diferente do "mocinho". A minha ideia é que em cada capitulo seja revelado uma parte do passado de cada personagem em modo de flash back, assim o leitor vai entendendo um pouco a cabeça de cada protagonista, e claro, tudo isso escrito em primeira pessoa, alternando entre os personagens.

A história será recheada de intrigas, personagens que sabotam os outros, eu gosto de história que me faça sentir raiva de certos personagens (os maus, no caso), e é isso que pretendo também construir. Uma outra coisa relevante a falar é que, meus protagonistas não são 100% corretos, eles tomam atitudes erradas durante a trama, atitudes essas que vão prejudica-los ou prejudicar outras pessoas, atitudes até imorais em alguns casos, ou seja, eu não quero construir protagonistas irreais, eu quero que eles sejam tão humanos quanto nós somos, eles vão errar, vão pisar na bola, vão fazer merda, e também não esperem uma protagonista amorzinho, delicada, meiga, romântica, ela é bem diferente disso, é uma mulher forte, independente, que corre atrás do que acha justo, e que não teme ninguém, não tem medo de sujar as mãos.

O que vocês acharam das dicas e do plot? Por enquanto não quero falar muito, mas pretendo compartilhar com vocês mais para frente.

Beijos, Jess.








2 comentários

  1. Amei as dicas e fiquei louca para ler esse livro que você está escrevendo!
    Eu já comecei alguns, mas nunca conseguia terminar. Tem um que eu quero escrever porque amo a história, mas sei o início e o fim no entanto não tenho muitas ideias para o meio...
    Enfim. Publica logo esse livro pra eu ler!! <3

    http://vinteepoucos.org/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já comecei e parei vários, mas depois que terminar esse vou pegar o outro, que é um romance de época.

      Excluir